Blogue dos Escudinhos


Escudos de times do Suriname (razão de meus pesadelos por esses dias...)

Federação Surinamesa de Futebol (Surinaamse Voetbal Bond)

De Rest

Jai Hindi Nickerie

Leo Victor

Robinhood

SNL

Super Red Eagles    

Suriname Nacional

SV Boxel

Transvaal

 

distintivos: Acervo Pessoal

fale comigo



 Escrito por Luiz Fernando Bindi às 10h27 [] [envie esta mensagem]






Atlético Paranaense (Curitiba, PR)

Fundado no dia 26 de março de 1924, o Clube Atlético Paranaense originou-se da fusão de dois tradicionais clubes de Curitiba - o América e o Internacional. Do América o Atlético herdou a cor vermelha e do Internacional a preta.

Em maio de 1912, foi fundado o Internacional Foot Ball Club, sob a liderança de Joaquim Américo Guimarães. Jovens da "tradicional" sociedade curitibana organizaram-se para fundar uma agremiação esportiva. Afinal de contas, o futebol era moda, e começava a tomar conta do gosto popular. Assim, em 22 de maio de 1912, Joaquim Américo Guimarães preside reunião de vinte pessoas, os primeiros sócios e fundadores do INTERNACIONAL FOOT BALL CLUB.

Durante o ano de 1914, Joaquim Américo Guimarães iniciou e concluiu o estádio do Internacional, no local então conhecido como "baixada" do bairro Água Verde. Era longe do centro e por aquelas redondezas de importante mesmo, era apenas o depósito de pólvora, ali mesmo na Rua Buenos Aires, local escolhido inclusive por medida de segurança.

Embora até com frequência acontecessem visitas do Rio Branco de Paranaguá e do Operário e Guarani de Ponta Grossa, naquela baixada do Água Verde regularmente eram realizados torneios internos entre times secundários, reservas e simpatizantes do Internacional, dono do campo. Os associados formavam equipes, aumentando o número de participantes. Naturalmente inferiorizadas, por mais que possuissem valores de respeito, não deixavam de ser sacos de pancada. E o Internacional, possuía também o seu segundo time, que se dava ao luxo de queixar-se por merecer atenção diferenciada. Esboçou-se então, em 1913, a criação de uma nova equipe, justamente quando esse grupo passou uma lista de adesões a fim de comprar novas camisas. Em 24 de maio de 1914, surgiu oficialmente o AMÉRICA FOOT BALL CLUB, separando-se do Internacional.

O Internacional e o América foram campeões, respectivamente em 1915 e 1917. O Coritiba em 1916. Depois disso só deu Britânia, hexacampeão (1918, 19, 20, 21, 22, 23). Mas o Britânia tinha pequena torcida, seria como se a Portuguesa aqui em SP ganhasse uma infinidade de títulos.

Numa época de implantação como aquela, o fato era fundamentalmente negativo. A hegemonia de um grupo pequeno e isolado fatalmente abalaria o estímulo, o entusiasmo. O América, popularíssimo; o Internacional idem; o Coritiba, toda uma colônia.

Além de tudo, alguns problemas paralelos: o América não havia pago a dívida contraída perante a liga regional, resultando no fato de o Campeão da segunda divisão, o Universal, solicitar inscrição na vaga naturalmente aberta pela punição de cancelamento incidente sobre o América. Um jogador Americano, mais do que depressa paga a dívida junto à liga, o que a obriga a uma salomônica decisão: determinar jogo extra entre América e Universal, como critério para ocupar a tal vaga para o campeonato de 1923.

O jogo transcorria normalmente e, quando estava 3x3, foi marcado um penalti contra o América. Uníssono ao primeiro grito de Marrecão, capitão da equipe e expulso imediatamente, o América retira-se do gramado e perde a vaga por desistência. Três dias depois, como saída encontrada e já dando largas a comentários e desejos recônditos, próceres do América e do Internacional reuniram-se para tratar da fusão entre as duas agremiações. Mas discordaram quanto às cores da camisa. E nisso, passou-se um ano.

Em março de 1924, porém, os dirigentes se entenderiam : o desportista Luiz Guimarães Zalacain - , ex-goleiro do América, empresário, jornalista esportivo, além de dar-se muito bem com a elite tradicional do Internacional, teve ação decisiva relativamente às providências e no dia 26 de março de 1924 foi empossada a diretoria do novo clube.

Surgia, assim, o CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE.

América F.C. (Curitiba, PR)

Internacional F.C. (Curitiba, PR)

Operário (Ponta Grossa, PR)

Guarany (Ponta Grossa, PR)

fonte das informações: A FUNDAÇÃO DO CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE

distintivos: Acervo Pessoal

fale comigo



 Escrito por Luiz Fernando Bindi às 11h18 [] [envie esta mensagem]






Paraná Clube (Curitiba, PR)

Em 1988, o publicitário Zeno Otto promoveu uma reunião em uma casa no Parque Barigüi. Foi a reunião dos 12: 6 de cada lado (Pinheiros e Colorado), e Zeno apresentou um estudo inicial com as cores, os símbolos e a camisa do novo clube. O nome Paraná foi unânime desde sempre, já que o Água Verde antes de tornar-se Pinheiros, cogitou o nome Paraná e o Colorado quase se chamou Paraná. Era, portanto, um nome comum às duas correntes.

A primeira sugestão a de uma bandeira verde e branca, com as cores do Estado. Mas como seria semelhante às cores do Coritiba Fott Ball Club, foi logo descartada. Mas Zeno e Ernani haviam trabalhados juntos e caprichado na segunda alternativa: cores azul do Pinheiros, vermelho do Colorado e branca comum a ambos; camisa dividida ao meio em azul e vermelho. Nascia o Paraná Clube.

Assim como o Paraná Clube, os times que fizeram fusão para a sua criação, Colorado e Pinheiros, também foram fruto de fusões de outros times. Acompanhe a história.

Savóia (Curitiba, PR)

Em 14 de junho de 1914, um grupo de desportistas do bairro do Água Verde, em Curitiba, adquiriu um vasto terreno na Vila Guaíra e fundou o Savóia, clube voltado para os jovens da região. O Savóia tinha camisa com cores vermelha, verde e branca. A agremiação permaneceu ativa até 1942, quando, devido à II Guerra mundial, alterou seu nome e escudo, passando a chamar-se Esporte Clube Brasil.

E.C. Brasil (Curitiba, PR)

Água Verde (Curitiba, PR)

O Água Verde adotou as cores azul e branco, que mais tarde, seriam as cores oficiais do Pinheiros. As mudanças ocorreram por causada fusão Savóia e Água Verde e da obrigação de mudar o nome do E. C. Brasil por decisão do governo federal. Em abril de 1944, antes do final da II Guerra Mundial, o governo proibiu a utilização do nome Brasil e o clube passou a denominar-se Esporte Clube Água Verde. Veio a se tornar um dos mais tradicionais clubes do estado, sendo campeão estadual em 1967. Seu Procurando uma maior projeção nacional o conselho aprovou a mudança, então em 1971, estava criado o Esporte Clube Pinheiros.

Pinheiros (Curitiba, PR)

Apelidado de "Leão da Vila Guaíra", Pinheiros que sempre dedicou especial atenção às categorias de base, começou a colher bons frutos a partir de 1984, quando consagrou-se campeão paranaense, fato que se repetiria em 1987. Em 1989 o Pinheiros fundiu-se com o Colorado Esporte Clube, originando o Paraná Clube.

Palestra Itália (PR)

Foi fundado em 7 de janeiro de 1921 por imigrantes italianos. Dominou o futebol do Paraná na década de 20 ao lado do Britânia, sendo vice campeão em 1921, 23, 29, 30, 31 e 52 e campeão em 1924, 26 e 32.

Britânia (Curitiba, PR)

Em novembro de 1914, no bairro do Jardim Guabirotuba depois daquela memorável reunião na casa comercial Solheid & Cia, que ficava na Rua Ratcliff - atual Desembargador Westphalen, o Britânia começou a dar seus primeiros passos. Entre 1918 e 1923 foi seis vezes campeão paranaense. Em 1928, conquistou seu último campeonato. Depois disso, carente de futebol e de bons resultados, fundiu-se com Palestra Itália e Ferroviário para preservar seus feitos.

Ferroviário (Curitiba, PR)

No dia 12 de janeiro de 1930 deu-se a cisão no Britânia e, na residência do ferroviário Ludovico Brandalise, foi fundado o Clube Atlético Ferroviário. Num primeiro momento, o Ferroviário surgiu para congregar os funcionários e os operários da Rede Ferroviária, disputando apenas campeonatos amadores. Ao levar para as suas fileiras os principais jogadores do Britânia, o Clube Atlético Ferroviário começou a decolar como time competitivo e sobretudo, como força popular do futebol da capital paranaense. Tornou-se oito vezes campeão de profissionais. Apelidado de ‘Boca-Negra", nome de um grupo indígena descoberto na década de 30, popularizou-se ainda mais. Em 1967, foi o primeiro representante paranaense em uma competição nacional, o Torneio Roberto Gomes Pedrosa.

Colorado (Curitiba, PR)

Com o Britânia e o Palestra Itália licenciados do Campeonato Paranaense de Profissionais e o Ferroviário se distanciando cada vez mais da Rede Ferroviária Federal, chegou-se ao acordo para um entendimento e a união dos patrimônios. O Britânia possuía o estádio "Paula Soares", no Jardim Guabirotuba; o Palestra Itália possuía o seu estádio no Tarumã e o Ferroviário com as amplas dependências do estádio "Durival Brito e Silva", além de uma área em Guaratuba (litoral paranaense). Definido o Estatuto, o Conselho e a primeira diretoria, no dia 29 de junho de 1971 foi registrada a escritura pública da fusão dos três clubes dando origem ao Colorado Esporte Clube, com sua fiel torcida ainda intitulada "Boca-Negra". Em 18 anos de muita luta, o Colorado conseguiu o título de campeão em 1980.

Para entender melhor, acompanhe o gráfico abaixo:

fonte das informações: Site oficial do Paraná Clube

distintivos: Acervo Pessoal

fale comigo



 Escrito por Luiz Fernando Bindi às 09h43 [] [envie esta mensagem]






Peço perdão por tal heresia, mas o amigo Zenaldo, da cidade de Embu das Artes (na Grande São Paulo), me pediu o escudo do Tabajara Futebol Clube. Eu não podia deixar passar o desafio! Zenaldo, agora me manda o do Inter da Favela!

 

fale comigo



 Escrito por Luiz Fernando Bindi às 15h29 [] [envie esta mensagem]






Sheffield F.C. (Inglaterra). Clube de futebol mais antigo do mundo, fundado em 24 de outubro de 1857, disputa atualmente a 9ª divisão do futebol inglês.

Notts County (Inglaterra). Fundado em 1862 e atualmente disputando a 4ª Divisão Inglesa, foi o primeiro fundado como time de futebol.

 

O VfL Bochum (abaixo), da Alemanha, foi fundado em 1° de setembro de 1848, mas não como clube de futebol e sim como clube social. Apenas em 1919, quando da fusão com o TuS Bochum, que começou a disputar campeonatos de futebol, o que se consolidou após a Segunda Guerra, quando em 1946, fundiu-se com o Germania Bochum, para dar origem ao atual VfL Bochum, que disputa a 1ª divisão da Alemanha.

VfL Bochum

 

TuS Bochum

Germania Bochum

 

fale comigo



 Escrito por Luiz Fernando Bindi às 13h46 [] [envie esta mensagem]






Para quem não sabe, existe futebol na Groenlândia.

Abaixo, os escudos da Federação e de quatro clubes locais.

Grønlands Boldspil Union - União de Futebol da Groenlândia

Kagssagssuk Maniitsoq

Kissaviarsuk Kakortok 1933

S68 Sisimiut

Sak Sisimiut

 

fale comigo



 Escrito por Bindi às 09h57 [] [envie esta mensagem]






Famalicão (Portugal), em homenagem ao amigo Raphael Freitas da Mata e seu pai, Gualdino Belim da Mata.

Sr. Gualdim nasceu na Ilha da Madeira, em Portugal, então aí vão os dois maiores times da Ilha.

Marítimo

Nacional Madeira

 

fale comigo



 Escrito por Bindi às 15h21 [] [envie esta mensagem]






Brussels, clube surgido da união de RWD Molenbeek e Strombeek (escudos abaixo)

 Racing White Devani Molenbeek (empresários da cidade querem que o time volte sozinho em 2006)

Strombeek

 

fale comigo



 Escrito por Bindi às 11h55 [] [envie esta mensagem]






Universal Futebol Clube 

(Rio de Janeiro, RJ)

Internacional Jacarepaguá

(Rio de Janeiro, RJ)

O Universal, de Jacarepaguá, no RJ foi um time da Igreja Universal do Reino de Deus. Eles arrendaram o Internacional de Jacarepaguá e criaram o Universal Futebol Clube, que disputou o Campeonato Fluminense da 2ª divisão em 2000, quando foi eliminado na Terceira Fase (a fase anterior às Quartas de Final). Depois disso, o clube voltou a se chamar Internacional e não disputa mais torneios profissionais.

fale comigo



 Escrito por Bindi às 10h46 [] [envie esta mensagem]






Haladás Szombathelyi (Szombathelyi, Hungria)

 

fale comigo



 Escrito por Bindi às 10h46 [] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]
 


24/04/2005 a 30/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
03/10/2004 a 09/10/2004
26/09/2004 a 02/10/2004
19/09/2004 a 25/09/2004
12/09/2004 a 18/09/2004
05/09/2004 a 11/09/2004
29/08/2004 a 04/09/2004
22/08/2004 a 28/08/2004
15/08/2004 a 21/08/2004
08/08/2004 a 14/08/2004
01/08/2004 a 07/08/2004
25/07/2004 a 31/07/2004
02/05/2004 a 08/05/2004


 
 




ArcPlan Geoprocessamento


Família Gonçalves Bindi - Fotoblog
Trivela.com
Futebol Europeu
Jogos Perdidos
Clássico GreNal
Papo de Bola - Papo de Mídia
RSSSF - Estatísticas de Futebol
AEFEMG - Associação das Escolas de Futebol de Minas Gerais
DragãoNET - A.D. Confiança (SE)
Politheama, por Daniel Miura
STI Esporte


Pauta Livre
Águas de Lindóia
Budismo
Bandeiras de todo o Mundo
Coleção de Mapas
Fotolog Renzo Boro
Fotolog do Rapha e da Ana
Viajante do Brasil
Michelle Gianella